Skip to content

Jovens engenheiros beneficiam-se de formação no exterior

A TechnipFMC, uma empresa contratada do Projecto Mozambique LNG no âmbito de trabalho submarino do projecto, enviou 12 jovens engenheiros moçambicanos para o Brasil e Angola como parte de um programa de formação de 1 ano. Os jovens licenciados serão formados para tornarem-se Pessoal de Serviço Técnico (TSP). O curso visa formar estes engenheiros para obterem competências técnicas que reforcem a capacidade dos moçambicanos para cumprir com os elevados requisitos técnicos da indústria de Petróleo e Gás. 

A formação incluirá a aquisição de conhecimento de instalação de árvores submarinas, de colectores submarinos, de módulos de controlo e de aquisição de habilidades por meio de exposição ao ambiente submarino.

Os beneficiarios pousando para a prosperidade

Os beneficiarios pousando para a prosperidade

Na primeira pessoa, Margarido Quive, um dos beneficiarios que se encontra na formação no Brasil afirma:

“O actual treinamento prático é a melhor parte desta formação. Isto vai ajudar-nos a construir capacidades para contribuir para o crescimento da indústria de petróleo e gás no nosso País.’’

Reinalda Lucas, outra beneficiária também no Brasil afirma:

“Este treinamento será útil para ajudar no desenvolvimento de Moçambique e como uma das primeira beneficiarias poderei compartilhar os conhecimentos adquiridos durante o treinamento com os formandos que farão parte do programa de treinamento do TSP no futuro. Além disso, este curso vai permitir que eu cresça profissionalmente.”

O primeiro grupo na chegada ao Brasil

O primeiro grupo na chegada ao Brasil

Esta transferência de tecnologia faz parte dos compromissos da TechnipFMC na elevação de competências de moçambicanos no projecto Mozambique LNG.

A empresa emprega actualmente moçambicanos em diversas áreas, incluindo Recursos Humanos, Saúde e Ambiente, Finanças/Controlo de Custos, Jurídica, Procurement e Engenharia.

 

 

A TechnipFMC foi adjudicada contratos submarinos do Projecto Mozambique LNG, liderado pela Total, para o desenvolvimento do campo Golfinho/Atum offshore em Moçambique.

A TechnipFMC executará a instalação offshore com o seu parceiro de consórcio, a Van Oord, por meio de sua subsidiária incorporada nos Emirados Árabes Unidos, a Van Oord Gulf FZE, e em cooperação com a principal empresa subcontratada estratégica, a Allseas.