Skip to content

Produtores locais capacitados no norte de Moçambique

 

Elaco Horrera

 

Em Macua, uma das línguas locais dominantes em Cabo Delgado, Elaco Orrera significa bom frango em português. Uma empresa local com esse nome se uniu à Catalisa e ao projecto Mozambique LNG para transformar essas “ boas galinhas” num negócio de sucesso.
 

Com pouco mais de um ano no mercado, a equipa de 18 naturais de Pemba na Elaco Orrera duplicou a produção da empresa de 5 000 ovos por dia para 10000 e espera, até o final do ano, expandir para 35000 ovos por dia. A Elaco Orrera é a primeira unidade de produção de ovos dessa magnitude em toda a Província de Cabo Delgado e sua produção comercial aumentou a disponibilidade de ovos moçambicanos no mercado local, reduzindo a necessidade de ovos importados.
 

Mohammad Latif, Director Geral da Elaco Orrera, disse que “estamos honrados em fazer parte de um projecto dessa magnitude. Trabalhar com uma empresa como a TotalEnergies exige muita responsabilidade de nós, principalmente como uma empresa muito nova. Mas aceitamos o desafio e seguiremos em frente e amanhã seremos uma referência em todo o país. ”

  

Elaco Horrera

 

Como parte da estratégia mais ampla de investimento social projecto Mozambique LNG, liderado pela TotalEnergies, o Catalisa está a criar novas oportunidades para agricultores e jovens em Cabo Delgado, Moçambique, através do desenvolvimento económico inclusivo liderado pelo sector privado. Ao apoiar o desenvolvimento robusto de agronegócios e desenvolver as habilidades dos jovens, o Catalisa está a alavancar o aumento do investimento, renda, emprego local e a criação e crescimento de negócios auto-sustentáveis.

O programa apoiou o desenvolvimento de planos de negócios para parceiros de implementação e estabeleceu 2 campos de demonstração em Pemba e Montepuez para troca de experiências e transferência de conhecimentos entre agricultores e instituições educacionais sobre o uso de tecnologias de produção e a sustentabilidade dos projectos.

  

Elaco Horrera

 

Na componente formação de jovens, o Catalisa formou um pouco mais de 300 jovens em habilidades para a vida, empregabilidade e empreendedorismo, para permitir que eles estejam prontos para o mercado de trabalho na província e até iniciem seus próprios negócios em outros lugares.