Skip to content

SEGURANÇA RODOVIÁRIA - COMPROMISSO COM UMA MOBILIDADE MAIS SEGURA

Road safety

OS ARQUITECTOS DA SEGURANÇA RODOVIÁRIA NUMA REGIÃO EM MUDANÇA

Em 2014, a região de Cabo Delgado, ao  norte de Moçambique sofreu uma mudança sem precedentes, à medida que o projecto de gás natural liquefeito (GNL) desenvolvido  pela Total e seus parceiros começaram a ganhar forma. As estradas em redor do local de produção ofereciam uma nova perspectiva, caminhos para novas oportunidades - e novos riscos. Mas a afiliada tem um parceiro fiável com o qual pode contar para o apoio na criação de um programa de segurança rodoviária personalizado.

Realização de mudanças muito necessárias

Dorothea Naujoks não faz as coisas pela metade. Há 16 anos, ela apaixonou-se por África e decidiu deixar  Alemanha, sua terra natal, para trás para investir  em Moçambique. Desde o início, fundou a Azul Consultoria, através da qual desenvolveu projectos sociais relacionados à juventude. Ela removia  montanhas pela nova geração! O seu entusiasmo era contagioso, e a Anadarko, a operadora do projecto de GNL na época, confiou-lhe uma nova iniciativa: "A segurança nas estradas estava a emergir como uma prioridade. É trivial  que, antes do projecto, era possível contar os carros. As bermas a estrada eram lugares de concentração onde as comunidades locais circulavam. Depois vieram os camiões e os autocarros. Precisávamos de moldar a mudança, antes que as transformações em larga escala ocorressem ", afirmou  a directora da Azul Consultoria. A sua equipa rapidamente montou um primeiro projecto em Pemba para resolver a situação.

Uma abordagem educacional personalizada

Road safety

O público-alvo prioritário deste projecto foi bastante fácil de identificar: juventude. “O trabalho que realizamos com as crianças baseia-se em fazer com que elas se divirtam enquanto aprendem. A música é uma ferramenta poderosa na divulgação das nossas medidas de segurança nas escolas e nas comunidades. As minhas equipas ficam muito orgulhosas quando as crianças passam e começam a cantar os versos da nossa música de forma espontânea: "pare, olhe, pense e depois vá!", sorri Dorothea. A bordo do seu mini-autocarro colorido e brilhante, os dez membros da equipa usam a interpretação de papéis para ajudar a aumentar a consciencialização e desenvolver uma abordagem baseada na personagem, conceito centrado em torno de "Supa Txenja", o seu super-herói de segurança no trânsito. Isso dá às crianças um modelo positivo para se identificarem, e tornarem-se uma personagem capaz de mudar as coisas e ajudar os outros. A equipa também executa pequenas peças e apresentações e produz filmes com a ajuda das crianças. A ficção é uma maneira de explorar acidentes muito realistas e, o mais importante de tudo, de identificar maneiras de impedir que eles ocorram. "Os alunos têm tanto orgulho de participar dessas encenações e estamos encantados com o programa criado com eles e para eles. Todas as vezes que a equipa entra na escola, as crianças ficam incrivelmente empolgadas ", ela afirmou.

Tornamo-nos mais eficientes, juntos

Em Cabo Delgado, enquanto o efeito "Mozambique LNG" reforçou a economia local e criou novas oportunidades, surgiu um novo perfil de condutores: "Muitos jovens tornaram-se" boda-bodas ", o nome local para moto-táxis. Uma vez que não existem escolas de condução local , eles têm se feito à estrada sem carta de condução. Devemos ser mais rigorosos com eles, sem exclui-los", acrescenta Dorothea. "Todas as sextas-feiras, oferecemos oficinas de manutenção e aproveitamos a oportunidade para transmitir a nossa mensagem e formá-los.
 “Também implementamos um sistema baseado em pontos que permite ganhar capacetes e coletes de segurança. Quanto melhor eles cuidam da motorizada, em termos de manutenção mecânica, maiores são as suas chances de ganhar alguma coisa." O aspecto final do programa consciencializa sobre o que fazer em caso de acidente e conta com o apoio de  polícia, hospitais e ambulâncias, que os habitantes locais mantinham desinformados sobre os incidentes. Ela explica que isso está enraizado na "falta de confiança nas instituições e no facto de, mais uma vez, as pessoas envolvidas estarem frequentemente nas ruas sem carta de condução ". Em cooperação com a Azul Consultoria, a equipa multidisciplinar formada por profissionais de instituições visa esclarecer os processos envolvidos na informação às autoridades, além de kits de primeiros socorros em diversos pontos estratégicos da cidade.

No caminho certo

Road safety

"A Anadarko e a Total investiram cerca de US $ 600.000 neste projecto, nas suas diferentes fases", diz Dorothea. Ela também explica que, no final de 2018, foi criada uma Comissão Regional de Segurança Rodoviária para levar o projecto ao próximo nível, composta por representantes da força policial, centros médicos e sector dos transportes. Em comunhão , eles trabalharam para identificar áreas de melhoria, como colocar uma barreira em torno de uma escola ou reforçar as placas de trânsito em um determinado local. Este é um processo a  longo prazo para a Azul Consultoria, que lamenta a falta de dados concretos para medir o seu progresso até o momento: "Quase não havia estatísticas de segurança rodoviária quando iniciamos o projecto, por isso é difícil dizer, exactamente o que mudou. No entanto, o trabalho que estamos a realizar é definitivamente mais tangível. Consciencializamos cerca de 60.000 pessoas! "

Dorothea é pragmática e sabe muito bem que mudanças comportamentais podem levar vários anos para ocorrer. Felizmente, ela ainda tem muitas  ideias por ser descompactadas para criar mudanças duradouras e sustentáveis.

 

 

As minhas equipas ficam muito orgulhosas quando as crianças passam e começam a cantar os versos da nossa música de forma espontânea: "pare, olhe, pense e depois vá!

Dorothea Naujoks
Directora Executiva da Azul Consultoria

 

 

Todas as sextas-feiras, oferecemos workshops de manutenção [táxis locais para motos] e aproveitamos a oportunidade para transmitir a nossa mensagem e formá-los.

Dorothea Naujoks

VIDEO SOBRE SEGURANÇA RODOVIÁRIA

Road Safety